quinta-feira, 6 de julho de 2017

"Tráfico de drogas continua sendo o maior problema de segurança pública em Tupanciretã", diz Delegado Adriano



O Delegado de Polícia de Tupanciretã, Adriano de Rossi, disse que pedirá à Justiça a prorrogação do prazo para entrega do inquérito dos indiciados na operação “A Firma” de Combate ao Tráfico de Drogas, que prendeu mais de 20 pessoas, drogas, dinheiro e armas.
Delegado Adriano afirmou que o prazo inicial é de 30 dias, mas uma investigação que envolve de 30 a 40 suspeitos, dificilmente se conclui nesse prazo, o que deve ocorrer durante o mês de agosto.
O titular da Delegacia de Polícia de Tupanciretã disse que o tráfico de drogas continua sendo o maior problema de segurança pública no município, prática que fomenta roubos e furtos na cidade, apesar do trabalho constante da Corporação no combate a esse crime.
Delegado Adriano disse que o principal financiador do tráfico de drogas é o usuário, que contribui para a criminalidade.
Adriano Rossi disse que é importante que a Sociedade tome consciência que é também dever dela contribuir com a Polícia, na busca da elucidação de crimes, fornecendo informações e denunciando delitos, não cobrando somente do governo.
Para Adriano Rossi, as pessoas devem colaborar mais com a Corporação, não procurando a Polícia somente nos momentos que precisam. Há uma pequena mudança nesse comportamento, mas há ainda um longo caminho a percorrer 

Nenhum comentário: