sexta-feira, 21 de julho de 2017

Delegado condenado por estupro da neta, que estava em liberdade é detido e levado para presídio



O delegado aposentado de Itu (SP) Moacir Rodrigues de Mendonça que seguia em liberdade, foi preso quinta-feira (20), após ter sido condenado em março a 18 anos e oito meses em regime fechado pelo estupro da neta L.A.M.M., quando ela tinha 16 anos.
Mendonça foi levado ainda no mesmo dia da prisão para o presídio da Polícia Civil em São Paulo, conforme confirmou o advogado de defesa dele, Ricardo Ribeiro da Silva. O criminalista acrescentou que irá recorrer da decisão.
L.A.M.M. foi estuprada pelo avô em 2014, em um quarto de hotel do Thermas dos Laranjais, em Olímpia, no interior de São Paulo. Mendonça chegou a ficar preso, mas foi solto no ano passado após uma decisão polêmica do juiz Eduardo Luiz de Abreu Costa, do fórum do município, que, mesmo reconhecendo que houve ato sexual, absolveu o delegado e sugeriu que houve consentimento da vítima.

Nenhum comentário: