segunda-feira, 3 de julho de 2017

Carteira “smart” tem Wi-Fi gratuito, power bank e até câmera anti-roubo


/ra/pequena/Pub/GP/p4/2017/07/03/Economia/Imagens/Cortadas/Carteira inteligente-ID000002-1200x800@GP-Web.jpg


A miniaturização de componentes, disponibilidade da Internet e digitalização de praticamente todas as áreas da vida têm aberto espaço para velhos produtos em versões inteligentes, ou “smart”. A carteira é uma delas. Os norte-americanos da Volterman prometem lançar, em breve, o que chamam de “a carteira inteligente mais poderosa do mundo.”
Apresentada através do Indiegogo, uma plataforma para o financiamento coletivo de novas ideias, a carteira da Volterman passaria despercebida por alguém menos atento. Por fora, ela se parece com qualquer outra simples, sem toda a tecnologia que esse modelo traz embarcada.
Uma olhada mais atenta, porém, revela características surpreendentes. Ela traz, por exemplo, uma bateria interna que serve para recarregar o celular – as capacidades variam de 2000 a 5000 mAh, suficiente para recarregar de uma a quase três vezes um iPhone 7. Celulares compatíveis, como o Galaxy S8, podem ter a bateria recarregada sem o auxílio de cabos, apenas por indução. Basta deixar o aparelho sobre a carteira, como muita gente tem o hábito em bares e restaurantes, e o processo é iniciado. Esse recurso, porém, é opcional e pago à parte.
A carteira da Volterman também tem Bluetooth, Wi-Fi e GPS embutidos. O Bluetooth é útil para o alarme de distância, o que evita que se esqueça a carteira em bancos de táxis e outros lugares comuns. O Wi-Fi procura redes abertas conhecidas e fornece um ponto de acesso em vários países do mundo para conectar o celular, economizando com dados – em outros países, um item especialmente caro. E o GPS permite rastrear a carteira em qualquer ponto do planeta, em caso de perda, furto ou roubo.
A tecnologia não termina aí. Todos os modelos trazem bloqueadores de RFID, que bloqueia tentativas de copiar os dados do chip de cartões de crédito, e são à prova d’água. E, opcionalmente, a carteira pode ter uma câmera interna, que é acionada quando ela é roubada ou furtada. 
São três modelos de carteiras inteligentes: uma simples para cartões, outra dobrável e um último para viajantes, com espaço para o passaporte. A carteira dobrável, modelo mais comum, tem 11 mm de espessura, pesa 120 g e espaços para oito cartões. Todas são feitas em couro e, como dito, têm um visual bastante sóbrio – é difícil dizer, só pelo olhar, que se trata de algo tão tecnológico.
A carteira dobrável terá custo no varejo de 238 dólares, mas na campanha de financiamento, há um desconto de 42%, o que derruba o preço para 135 dólares. A empresa envia os produtos para qualquer lugar do mundo e a previsão para que os compradores da campanha recebam as carteiras é em dezembro deste ano.

Nenhum comentário: