terça-feira, 27 de junho de 2017

Presidiário é resgatado ao ser levado para atendimento médico em Lajeado



Um detento do Presídio Estadual de Lajeado foi resgatado por volta das 19h30 desta segunda-feira (26) no bairro Moinhos D’Água, em Lajeado.
Dois oficiais da Susepe teriam levado o presidiário, que dizia passar mal, dentro de uma ambulância do Samu para atendimento na Unidade de Pronto Atendimento (UPA).
Ao chegar no local houve troca de tiros com quatro indivíduos que ocupavam dois veículos. Vários disparos atingiram o prédio da UPA, mas ninguém foi alvejado.
Na ação, os criminosos desarmaram o  agente que estava na parte de trás da ambulância, com o detento, e levaram o outro agente da Susepe, Fabio Rosso, que estava na frente, como refém.
A fuga teria ocorrido em uma Spin de cor preta e um Peugeot branco. A fuga teria ocorrido para o interior de Cruzeiro do Sul, na região de São Miguel. Lá,  a Spin teria sido abandonada, tendo os bandidos roubado um Ford Ka de cor branca.
Agente penitenciário é liberado
Pouco antes da meia-noite de segunda-feira, Rosso, que teria ficado em um mato amarrado por cerca de uma hora na localidade de Aterrados, no município de Taquari, conseguiu se desvencilhar e procurar ajuda em casa de moradores do local. Ele não sofreu ferimentos e passa bem.
A polícia segue nas buscas aos criminosos.
Prefeitura de Lajeado emite nota:
A respeito do incidente ocorrido na noite desta segunda-feira (26/6) na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Lajeado, a Prefeitura esclarece que:
– A troca de tiros ocorreu por volta das 19h30, quando um grupo de criminosos atacou o local para libertar um apenado, que estava no Presídio Estadual de Lajeado e foi levado pelo Samu para atendimento na UPA;
– Naquele momento, 21 profissionais, entre eles 4 médicos e 3 enfermeiros, prestavam atendimento na UPA; pelo menos 3 pacientes estavam em atendimento nas salas internas; e cerca de 20 pessoas estavam no saguão aguardando atendimento ou acompanhando familiares;
– Nenhum profissional ou paciente ficou ferido na troca de tiros, e foram registrados apenas danos materiais ao prédio e à ambulância da Samu;
– O atendimento foi normalizado após o episódio, e seguirá normalmente durante a madrugada;
– A prefeitura fará reunião nesta terça-feira com a Secretaria da Saúde, a Secretaria de Segurança Pública e a direção da UPA para avaliar as condições de segurança adotadas na UPA atualmente e verificar se há necessidade de ampliar as medidas para evitar que casos como esse voltem a ocorrer;
– Além disso, a Prefeitura também acompanhará a investigação da Polícia Civil para prestar todas as informações necessárias e auxiliar o trabalho.

Nenhum comentário: