sexta-feira, 2 de junho de 2017

Polícia Civil estoura boca de fumo no bairro Capão do Angico em Alegrete



A casa já estava sendo monitorada pela equipe de investigação da Polícia Civil. Mãe, filha e uma conhecida são as responsáveis pelo ponto de venda de drogas.
As três mulheres foram presas por tráfico de drogas e encaminhadas ao Presídio local. A ação dos investigadores, foi depois de denúncias realizadas através do facebook da Polícia Civil.
Durante a manhã de quinta-feira(01), os policiais perceberam o movimento suspeito e interceptaram um menor, de 15 anos, que saiu do local. Na revista pessoal foi encontrado, com ele, uma pedra de crack. O usuário estava acompanhado de dois jovens, um de 21 e o outro de 17 anos.
O adolescente disse aos policiais que havia comprado a droga na residência, conhecida como “Boca de Fumo da Zeca” e que uma mulher fez a venda. Ao se aproximarem, os policiais perceberam uma “correria” no interior da casa.
Eles foram atendidos por uma das acusadas e, ao entrarem se deparam com mais duas mulheres. No quarto foi encontrado certa quantidade de crack, já embalado para venda e 31 trouxinhas de maconha.
Foi dado voz de prisão e as mulheres de 43, 23 e 19 anos encaminhadas à DP. Também foram apreendidos três celulares, 202 reais, 16.5g de maconha e 7,31g de crack.
Duas crianças de cinco e seis anos, netos da proprietária da casa estavam no local. O conselho Tutelar foi acionado e as encaminhou para casa de familiares, conforme informações.

Nenhum comentário: