segunda-feira, 5 de junho de 2017

Ossada humana encontrada em Santiago pode ser de idoso desaparecido desde 2014

Homem está desaparecido em Santiago Polícia Civil/Divulgação

A Polícia Civil de Santiago, segue investigando a identidade da ossada humana encontrada nas proximidades de uma sanga, na segunda-feira, dia 29 de maio. A suspeita é de que a ossada seja de um idoso que havia desaparecido há três anos.
De acordo com a Polícia Civil, a hipótese mais provável é que a ossada seja de Vilmar Afonso Cippolat, desaparecido desde maio de 2014. O idoso tinha 59 anos na época do desaparecimento. Desde então, a família continuava buscando informações sobre Cippolat.
Um dos familiares do idoso compareceu à delegacia durante a semana e disse que as roupas encontradas no local onde estava a ossada seriam do idoso. Além disso, havia um molho de chaves no bolso da calça. Em análise, as chaves abriram a porta da casa do idoso, sustentando a hipótese da polícia.
A Polícia Civil aguarda, agora, o resultado dos exames da perícia para confirmar a identificação.

Nenhum comentário: