sexta-feira, 2 de junho de 2017

Operação da Polícia Civil e Brigada Militar apreende cerca de 30 kg de maconha, crack, cocaína, armas e munição em São Borja

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas em pé

A imagem pode conter: área interna

Na noite de quarta-feira (31) a Polícia Civil de São Borja, pertencente a 21ª Região Policial que tem sede em Santiago, desencadeou uma operação com apoio da Brigada Militar, para coibir o Tráfico de Drogas e identificar autores de homicídios e tentativas de homicídios registrados em São Borja nos últimos dias. Na ação, dois homens foram presos e houve apreensão de uma quantia significativa de drogas em uma residência no bairro do Passo.

De acordo com o Delegado Regional de Polícia, Charles Dias do Nascimento, a ação resultou no desmonte de um ponto de venda de drogas onde foram presos Douglas Dornelles e Alisson Carneiro Soares, integrantes da quadrilha do traficante Marquinhos que já está preso e que possui ligação com a quadrilha dos Bala na Cara de Porto Alegre. Há, em São Borja, segundo o delegado Charles, uma disputa entre facções para o domínio do tráfico de drogas na cidade, o que tem resultado nos constantes homicídios que motivaram a ação policial desta quarta-feira após investigação coordenada pelo Delegado Marcos Ramos Viana.

Na operação, foram apreendidos 23,9 quilos de Maconha, 2,2 quilos de Crack e 1,85 quilos de Cocaína, além de um revólver calibre 38, um fuzil de ar comprimido, 750 munições de calibre 9 milímetros e R$ 13.660,00. Também foram apreendidas duas camisetas da Polícia Civil, uniforme militar, balança para pesagem da droga, facas, celulares e motocicletas. 

A quantia de Maconha apreendida, fracionada para consumo, renderia 24 mil porções da droga. O Crack poderia ser fracionado em 6.600 pedras e a Cocaína em 1.850 porções da droga. Tudo isso comercializado geraria aos traficantes lucro aproximado de R$ 400 mil, de acordo com estimativa do Delegado Charles Nascimento.

Nenhum comentário: