segunda-feira, 12 de junho de 2017

Homem confunde esposa com ladrão e mata a mulher em Caçapava do Sul


Um homem de 67 anos matou a esposa ao confundi-la com um assaltante em Caçapava do Sul, na Região Central, na noite desse domingo (11). Ele deu um tiro no peito da mulher, identificada como Fátima Lopes Oleques, de 54 anos.
De acordo com a Polícia Civil, o casal estada dormindo em casa, no bairro Promorar. Por volta das 22h30, foram ouvidos barulhos no pátio da casa. A mulher saiu do quarto para tentar identificar o que seria. Só depois disso, o idoso acordou. Quando ela voltou para o quarto, o idoso achou que era um ladrão, e atirou na vítima.
Conforme o delegado Ricardo Milesi, o homem deu um tiro no quarto escuro, e não percebeu que a esposa não estava dormindo ao seu lado. A Brigada Militar foi acionada, e o idoso confessou o crime. Conforme os policiais, ele estava em estado de choque.
O homem entregou a arma, mas não chegou a entregar documento de porte. Ele disse que bandidos já tinham invadido o pátio anteriormente, o que teria deixado o casal preocupado.
O caso foi considerado pela polícia como homicídio culposo, quando não há intenção de matar. Por isso, o idoso foi ouvido e liberado. Conforme o delegado, acredita-se na versão do idoso, de que ele estaria agindo em legítima defesa, por pensar que era um ladrão que estava entrando no quarto. O corpo de Fátima foi encaminhado para a necropsia.
Segundo Milesi, o casal não tinha antecedentes policiais: “Não havia histórico de brigas conjugais do casal, nenhum dos dois, tanto o autor do disparo quanto a vítima não tinham antecedentes policiais, eram pessoas de boa índole, pessoas conhecidas no bairro por serem calmas, tranquilas, então a hipótese é que realmente tenha acontecido um engano”

Nenhum comentário: