quarta-feira, 14 de junho de 2017

Até o Samu é alvo dos marginais em Alegrete, roubaram a maleta de primeiros socorros



Quando o material de primeiros socorros de uma ambulância que está a trabalho, salvando uma vida, é roubada, é um triste sinal que a delinquência extrapolou todos os limites da tolerância. É a degradação social e moral; todos nós somos atingidos. A maleta onde havia materiais para atendimento de pacientes do SAMU, foi roubada do interior do veículo.
Os indivíduos responsáveis por essa condenável ação criminosa, além de completamente inconsequentes, levaram equipamentos que até para usar como moeda de troca, por droga, tem pouco ou nenhum valor em razão do uso exclusivo por profissionais da saúde.
No último dia 11 de junho, por volta das 20hs, o SAMU foi atender uma ocorrência na Rua Duque de Caxias, no bairro Vila Nova em Alegrete. Durante o atendimento de urgência com um paciente idoso, que precisou ser removido do interior da  residência até a ambulância, uma maleta de verificação de sinais vitais foi roubada, do interior da viatura.
A maleta é vermelha e dentro havia: dois aparelhos de verificação de pressão arterial, ambos com estetoscópio; oxímetro digital; termômetros; aparelho de HGT (de verificar glicose); lanterna de avaliar pupilas; kits de medicamento para hipoglicemia com seringa e cateteres; entre outros materiais.
O coordenador do SAMU, local, ressalta que a maleta é nova e havia sido doada, recentemente, para o SAMU Alegrete, pela Secretaria Estadual de Saúde, através da Central de Regulação Estadual do SAMU.

Nenhum comentário: