sexta-feira, 16 de junho de 2017

Agentes e Brigada Militar interceptam celulares e droga arremessados pelo muro da penitenciária de São Luiz Gonzaga



Poucos dias depois de operação Conexão, que combateu crimes comandados de duas penitenciárias da região das missões, a Brigada Militar e agentes da Susepe apreenderam celulares que tinham como destino a Penitenciária de São Luiz Gonzaga. A ação ocorreu por volta das 3h de ontem (15). Foram apreendidos seis celulares, seis carregadores e porções de maconha.
Conforme o diretor do presídio local, Roberto Matos, é cada vez maior o esforço para coibir esse tipo de prática. Ele explica que na maioria dos casos, os celulares são arremessados pelos muros de madrugada. No dia seguinte, os presos com acesso ao pátio recolhem os aparelhos. Roberto destaca que recentemente foram apreendidos celulares no pátio. Desde então, a atenção foi redobrada, garante o diretor.
Em Santiago, está preso um são-luizense, acusado de comandar o tráfico, segundo a Polícia Civil. Segundo a delegada, ele está preso preventivamente desde outubro. Segundo Marcelo Machado, diretor do presídio de Santiago, foi instalada uma tela de contenção nos muros há dois anos. Mesmo com o sistema, eram freqüentes os arremessos de celulares. Recentemente, foram instaladas câmeras ao redor do presídio.

Nenhum comentário: