segunda-feira, 15 de maio de 2017

ATUALIZADA: Ônibus da banda de Santa Maria que caiu em ponte em Candelária, deixa um morto e sete feridos


 Jorãn Teixeira da Cruz, o guitarrista da banda, morreu na hora



O ônibus em que viajava a banda do cantor sertanejo Robson Souza, de Santa Maria, tombou na manhã deste domingo na ERS-400, em Candelária. Uma pessoa morreu e sete ficaram feridas. Inicialmente, a informação era de que nove pessoas estavam no ônibus, e que duas haviam morrido. Porém, por volta das 15h de ontem, foi confirmado que eram oito pessoas no interior do veículo e que uma delas morreu, conforme os bombeiros de Candelária.
O acidente ocorreu entre 6h15min e 6h30min. A banda havia feito um show na cidade de Sobradinho e deslocava em direção a Candelária, retornado a Santa Maria, quando, na altura do Km 11 da rodovia, o veículo bateu na mureta da ponte sobre o Arroio Grande, na localidade de Vila Passa Sete, e tombou dentro do curso d'água. A parte dianteira do coletivo ficou submersa.
Informações repassadas por passageiros aos policiais militares são de que o freio do veículo teria falhado. A ponte fica no final de um trecho de curvas na descida de uma serra. O ônibus teria atravessado a pista, já em cima da ponte, e caído no outro lado, no sentido contrário ao que trafegava. 
Dos oito ocupantes, um morreu no local, três teriam conseguido sair do ônibus sozinhos e os demais foram retirados e socorridos por equipes do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento-Móvel de Urgência (Samu) de Candelária, de Sobradinho, de Vera Cruz e levados para o hospital de Candelária.  Vanessa Barbosa Solner, Fernando Cavalheiro Vieira, Robson Rodrigues de Souza (o cantor da banda), Geovaldo da Silva Amaral e Arilson Ferraz Stello foram atendidos e liberados na tarde deste domingo. 
Outros dois, Everaldo Prates Gonçalves (que seria o motorista) e Ruanei Rodrigues de Souza, foram transferidos para o Hospital Universitário de Santa Maria (Husm). 
Vítima do acidente com ônibus da banda do cantor sertanejo Robson Souza, o guitarrista Jorãn Teixeira da Cruz, de 20 anos, foi resgatado pelos bombeiros voluntários de dentro do arroio onde o veículo caiu ao tombar na ERS-400, em Candelária, na manhã de domingo (14). O corpo do músico será sepultado nesta segunda (15).
"Às vezes, ele varava a noite estudando, tocando, estudando nota", lembra o estudante Emanuel Bolzan. "Eu tenho certeza que ele deixou esse exemplo pra todo mundo que ele conheceu. Era uma pessoa alegre. Tinha a carreira inteira pela frente, ele ia conquistar o mundo do jeito dele. Todas as vitórias que ele poderia conquistar, ele merecia. Era uma pessoa maravilhosa. Muito maravilhosa", completou.
Emanuel conheceu Jorãn ainda no colégio, há cerca de 10 anos, antes de ele começar a tocar. Fazia faculdade de física, mas a carreira na música ia tão bem, que parou de estudar para acompanhar o grupo nas viagens. Antes do acidente, o show havia sido em Sobradinho.
A banda é famosa em Santa Maria. Quem conhece, diz que vivia seu melhor momento. Robson Souza, vocalista, montou o grupo há quatro anos. Conseguiu comprar um ônibus, ampliar a equipe de trabalho, gravar videoclipes, e estava com a agenda cheia.
Um bar no Centro de Santa Maria recebe a banda para shows todas as terças-feiras. Na última, dia 9, foi comemorado o aniversário de Robson, e o local ficou lotado.
"Foi um baque pra todo mundo... estou muito triste porque o Jorãn me abraçou na terça, e hoje não está mais conosco", lamenta Kalleu Zocolotto, que organiza festas no bar.

Nenhum comentário: