sábado, 13 de maio de 2017

Mãe evita suicídio de adolescente vítima do jogo Baleia Azul, em Estrela



A mãe de uma adolescente de 15 anos, moradora de Estrela, evitou o suicídio da filha após descobrir seu envolvimento no jogo Baleia Azul. Alertada por uma amiga, a mulher, de 31 anos, procurou o Conselho Tutelar, que encaminhou a menor para atendimento na rede municipal de saúde. A menina passou 12 dias internada no Hospital Estrela, sendo liberada na tarde desta sexta-feira (12).
O envolvimento no jogo começou pelo Facebook, de acordo com a mãe. “Eles (curadores) a convidaram para fazer parte de um grupo. Perguntaram suas características físicas, e então ela caiu”, conta a responsável. Investigado em diversos países, o jogo é composto de 50 desafios diários, enviados para a vítima através das redes sociais. No caso da menina, as tarefas eram transmitidas pelo WhatsApp. Ela respondia com imagens que comprovavam a realização dos pedidos.

Nenhum comentário: