sexta-feira, 26 de maio de 2017

Imobiliárias começam a usar cartão de crédito para garantia do aluguel



Imobiliárias gaúchas estão adotando uma nova tecnologia que permite o aluguel de imóveis sem a necessidade de fiador. Nove imobiliárias já se credenciaram na startup catarinense Credpago, que desenvolveu um sistema que libera o aluguel do apartamento ou da casa com base no limite do cartão de crédito.
O inquilino precisa apresentar a última fatura paga do cartão de crédito com limite aprovado correspondente a três vezes o valor do aluguel. Isto é, se o aluguel custa R$ 1 mil, o cliente precisa ter um limite de R$ 3 mil. 
O cartão serve para análise de risco, como explica o CEO da Credpago, Jardel Cardoso. 
- A imobiliária insere essa informação no sistema e o nosso algoritmo faz uma análise de crédito e atribui um score de crédito a esse cliente. O cartão é um dos aspectos que nós analisamos desse cliente, mas checamos outros fatores e fazemos uma composição. O algoritmo é desenvolvido para, através dessa informação, fazer uma varredura do comportamento dessa pessoa. Assim, conseguimos determinar a aprovação de cadastro.
Quinze minutos é o tempo que o interessado em alugar um imóvel residencial precisa aguardar para obter uma aprovação. Não precisa assinar papel algum ou ir ao cartório, o procedimento é todo pela internet.  
Com esse processo concluído, a imobiliária recebe, via sistema, um documento autorizando a assinar o contrato de locação. Mas atenção: o inquilino não pode ter restrições nos serviços de proteção ao crédito.
Uma das primeiras imobiliárias a aderir ao sistema no Rio Grande do Sul foi a Fuhro Soto, em Pelotas. De acordo com o diretor Fabrício Borges Sorondo, a nova ferramenta possibilita mais segurança e menos burocracia:
- Ao possibilitar a liberação do aluguel através da análise do limite do cartão de crédito, que é usada por boa parte da população, a Credpago permite que mais pessoas tenham alcance a esse serviço. Além disso, o que antes envolvia um trâmite burocrático, agora ficou mais rápido e breve. E seguro também, já que a Credpago oferece garantias em caso de inadimplência do locatário.
Operando com o novo sistema desde dezembro do ano passado, a Fuhro Soto já efetivou 150 contratos de aluguel através da mobilidade da Credpago, tornando a principal forma de garantia locatícia utilizada pela imobiliária.
A designer Nathalia Alves é gaúcha, mas estava morando em Brasília há três anos. Ao tentar alugar um apartamento, ela encontrou dificuldades em encontrar um fiador.
- Quando fiquei sabendo da modalidade da Credpago, achei tudo muito mais fácil. Todas as negociações foram pelo Whatsapp, o que foi mais rápido e prático. Não precisei viajar para fechar o negócio. 
O pagamento do aluguel é feito através do cartão de crédito? 
A CredPago lança no cartão do inquilino, apenas as taxas de serviço. Não é lançado o aluguel e por conta disso, não consome o limite do cartão. O cartão serve para análise de risco e crédito. O pagamento é feito junto a imobiliária através do boleto bancário. 
E qual é o valor da taxa de serviço?
A taxa de serviço é de 8% do valor do aluguel anual. Esse valor é divido em 12 parcelas no cartão.
E em caso de atraso no pagamento? 
Em caso de inadimplência, os custos são os que constam no contrato de locação (multas e encargos). Caso o inquilino inadimplente não consiga pagar o aluguel atrasado, a CredPago pode parcelar esse valor no cartão de crédito com juros, que variam de 2,99% à 4,99% ao mês).
E se o inquilino estiver com o aluguel atrasado e sem limite disponível?
Caso o inquilino inadimplente não tenha limite no cartão, a CredPago poderá parcelar no boleto bancário.
E como fica a imobiliária? 
A Credpago garante para a imobiliária um valor de até 12 vezes o valor do aluguel contratado. É uma espécia de crédito que a imobiliária possui para quando houver inadimplência do inquilino. Aí imobiliária aciona a Credpago, que faz o pagamento desse aluguel devido. 

Nenhum comentário: