sexta-feira, 5 de maio de 2017

Cerveja é mais eficaz contra dores do que paracetamol, afirma estudo

Cerveja ou remédio? Desce uma, por favor!

Para dores físicas ou emocionais, a sabedoria popular costuma recomendar uma ou duas (ou três?) cervejas, capazes de aliviar a “sofrência” em curto prazo. Bem, parece que a recomendação vai muito além da sabedoria popular, meus amigos.
Pesquisadores da Universidade de Greenwich, em Londres, acabam de validar esse conselho etílico. De acordo com um estudo publicado no The Journal of Pain, o álcool presente em duas canecas de cerveja é mais eficaz contra dor e desconforto do que paracetamol – acredite se quiser.
Os autores analisaram mais de 18 outros estudos para chegar a essa maravilhosa conclusão. De acordo com os cientistas, a quantidade de bebida ingerida aumenta a resistência à dor, ultrapassando o alívio de remédios clássicos como Tylenol e muitos outros com paracetamol.
Se você não curte a ideia de tomar remédios para qualquer dorzinha, pode pensar em deixar algumas cervejas na geladeira para alguma emergência. 
É claro que essa não é a recomendação oficial de médicos e cientistas, que reforçam os danos da ingestão de álcool em longo prazo. Mas uma cervejinha até que cai bem!

Nenhum comentário: