quarta-feira, 31 de maio de 2017

CBF tentou comprar horário na TV Globo para amistosos da seleção



Sem conseguir receber a quantia desejada da Globo, a CBF tentou comprar o horário para transmitir os dois amistosos na emissora líder de audiência. A proposta foi feita pela entidade no começo deste mês, mas recusada pelos executivos do canal.
A CBF não queria usar os profissionais da Globo. A entidade fazia questão de fazer toda a produção e utilizar a sua própria equipe na transmissão. A confederação queria também exibir a marca dos seus próprios anunciantes.
Na segunda-feira (29), a Globo informou, em nota, não concordar com o modelo escolhido pela CBF e que buscou um acordo, sem sucesso.
Como o acerto não aconteceu, a entidade decidiu arrendar o horário na TV Brasil. Os amistosos serão às 7h (de Brasília). A entidade não divulga uma previsão de arrecadação.
O presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, decidiu bancar a transmissão sem a Globo de olho no aumento do faturamento. Ao produzir o evento e vender diretamente para os anunciantes em diferentes plataformas, a CBF quer deixar de depender do antigo modelo, afetado pela queda de publicidade nas mídias tradicionais.
A TV CBF é um sonho antigo. Idealizada por Rodrigo Paiva, ex-diretor de comunicações da entidade, em 2011. Mas Ricardo Teixeira, antigo presidente, se recusava a entrar em confronto com a Globo.

Nenhum comentário: