terça-feira, 4 de abril de 2017

Vice jurídico do Inter analisa audiência sem uma decisão final no CAS: "Não saímos frustrados"



Depois das cinco horas, o Inter avaliou que "não saiu frustrado" da audiência do Caso Victor Ramos na Corte Arbitral do Esporte. Os árbitros avaliaram apenas a competência do Tribunal em julgar o caso, e o mérito da questão foi tratado pelas partes apenas em uma espécie de introdução da audiência.
Gustavo Juchem, vice-presidente jurídico do Inter, explicou que uma decisão sobre a competência do CAS deve sair nos próximos dois dias — e, se a Corte avaliar que deve julgar o caso, uma nova audiência pode ser marcada na semana que vem.
"Dentro de dois dias, seremos comunicados se haverá uma nova audiência. Como o caso está em andamento, não podemos fazer maiores comentários. O painel vai deliberar sobre questões preliminres. Conforme a decisão, haverá nova audiência na próxima semana. Não saímos frustrados" analisou.
Segundo Juchem, os advogados europeus contratados pelo Inter seguirão no local para eventualmente representar o clube de forma presencial. Juchem e o advogado Rogério Pastl voltam ao Brasil — é possível que eles participem de uma eventual nova audiência por teleconferência.
"Temos advogados locais, que permanecerão aqui. Mas nós (Juchem e Rogério Pastl) voltaremos a Porto Alegre e retornaremos se for necessário", explicou.
Na avaliação de Juchem, o Inter sai satisfeito da audiência:
"Saímos daqui com uma sensação boa, com a consciência tranquila e a sensação de dever cumprido por estaremos fazendo o que é correto, buscando o nosso direito. E pelo fato de sabermos que haverá uma decisão técnica, isenta, e não política. Confiamos no julgamento do Tribunal".

Nenhum comentário: