terça-feira, 25 de abril de 2017

Piloto que fez pouso forçado com Angélica e Luciano Huck: 'Fiz tudo certinho'



Um relatório recente do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) apontou falhas da tripulação durante voo que fez pouso forçado com a família dos apresentadores Luciano Huck e Angélica há quase dois anos no Mato Grosso do Sul. No entanto, o piloto Osmar Frattini alega ter feito tudo "certinho" no check list.
 documento concluiu que a falha derivou de uma pane seca - em outras palavras, faltou combustível no tanque da asa esquerda. O voo continuou por conta do motor na asa direita.
“Para nós não tinha como desconfiar. Está tudo marcado igual, está funcionando. Você confia que o equipamento está marcando e, de repente, não está marcando”, disse Osmar.
O centro de investigação também informou que o piloto e copiloto não seguiram corretamente os procedimentos obrigatórios em casos de pane.
“Eu fiz tudo certinho no checklist. O Flávio [de Souza Zanatto] que executou e ele perguntava. Não é à toa que quando eu decidi pousar eu disse que ele seria ‘o meu comando’ para reduzir e cortar o motor”, contou.
Segundo o relatório, a aeronave tinha condições de chegar em Campo Grande, mas o piloto nega. “A intenção era prosseguir até Campo Grande, mas eu estava perdendo muita velocidade, caindo muito rápido. Então tomei a decisão do pouso forçado mesmo”, explicou Osmar.

Nenhum comentário: