quinta-feira, 20 de abril de 2017

Mãe e filha escapam da morte nas curvas de Pinheiral em Santa Cruz do Sul.Carro tripulado por elas desceu uma ribanceira de 20 metros



Mãe e filha escaparam com apenas ferimentos leves depois que seu automóvel desceu uma ribanceira de 20 metros, na noite desta quarta-feira, 19, nas curvas de Linha Pinheiral, na RSC-287, em Santa Cruz do Sul. O carro foi parar dentro de um arroio. O acidente também envolveu um caminhão.
Conforme o caminhoneiro Gustavo Brunello, 22 anos, primeiro ocorreu uma colisão entre o carro, um Grand Siena, e o veículo dirigido por ele. Ambos seguiam na direção Venâncio Aires-Santa Cruz, lado a lado sobre a pista dupla, quando o automóvel atingiu a lateral esquerda do caminhão. “Nisto eu freei e o auto passou na minha frente, e saiu da estrada”, relatou.
O Siena passou entre árvores antes de descer a ribanceira, em uma queda quase na vertical. A descida, íngreme a ponto de dificultar a caminhada no local, não impediu a chegada de populares até o veículo, para verificar como estavam as tripulantes. “Na hora, ao ver onde o carro foi parar, imaginamos que havia acontecido o pior”, contou o industriário Felipe Silva, 21 anos, morador das proximidades. Segundo ele, o grupo decidiu tirar mãe e filha das ferragens ao perceber fumaça saindo do capô.
De acordo com o marido da motorista, Luiz Otávio Petry, a esposa Vanessa Barbieri Petry, 36 anos, e a filha Alice, 6, não sofreram ferimentos graves. “A pequena estava na cadeirinha e teve uns arranhões, e a Vanessa sentiu dores no peito devido ao cinto de segurança. Mas estão bem.”
Ambas foram conduzidas ao Hospital Santa Cruz, para exames. A família mora em Venâncio Aires e Vanessa viajava para buscar o marido, que trabalha em Santa Cruz do Sul.

Nenhum comentário: