quinta-feira, 27 de abril de 2017

Em Santiago uma Operação da Polícia Civil com apoio da Brigada Militar prende traficantes e apreende drogas, armas e munições

A imagem pode conter: 5 pessoas, close-up
Alexssandro Fonseca dos Santos, o Lêndia ;Adaílson Cavalheiro do Nascimento Júnior;Lúcia Altiva Melo da Fonseca;Thamyres da Rosa Cadaval;Paulo César Ferreira da Cruz

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e pessoas em pé
Nenhum texto alternativo automático disponível.

Nenhum texto alternativo automático disponível.

Nenhum texto alternativo automático disponível.
Na noite dessa quarta-feira (26) a Polícia Civil de Santiago com apoio da Brigada Militar desencadeou a operação denominada “Eclosão” visando o combate ao Tráfico de Drogas. Foram cumpridos 03 mandados de prisões e 09 mandados de busca e apreensão nos bairros Vila Rica, Carlos Umberto, Jardim dos Eucaliptos, Missões e Ana Bonato. 

Cinco pessoas (três homens e duas mulheres) foram presas em cumprimento de prisões preventivas e autos de prisões em flagrantes. Foram apreendidas drogas (crack e cocaína|), balança de precisão, armas, munições, celulares, dinheiro e cheques.

Preventivamente, foram presos Alexssandro Fonseca dos Santos, de 31 anos, conhecido como "Lendia"; Adaílson Cavalheiro do Nascimento Júnior, de 23 anos e a mãe dele Lúcia Altiva Melo da Fonseca, de 42 anos. Em flagrante, foram presos Thamyres da Rosa Cadaval, de 18 anos, e Paulo César Ferreira da Cruz, de 44 anos. 

A operação “Eclosão” foi coordenada pela Delegada de Polícia, Débora Durlo Poltosi, titular da Delegacia de Polícia de Santiago, participação do Delegado de Polícia Guilherme Milan Antunes, titular da DPPA/Santiago e a supervisão do Delegado de Polícia Regional, Charles Dias do Nascimento. Cinquenta e dois policiais sendo 34 policiais Civis de Santiago, São Borja, Itaqui, São Francisco de Assis, Jaguari, São Vicente do Sul e Mata e 18 da Brigada Militar (Pelotão de Operações Especiais e Setor de Inteligência) comandados pelo Capitão Sílvio e pelo Tenente Garcia, participaram da operação. Foram utilizadas 18 viaturas policiais. 

Segundo a Delegada Débora, os traficantes vinham sendo monitorados há cerca de seis meses durante as investigações. 

Após a apresentação dos presos no plantão da DPPA de Santiago, todos foram encaminhados ao presídio local. 

fotos e fonte: Polícia Civil de Santiago

Nenhum comentário: