quinta-feira, 6 de abril de 2017

Alegrete ganha primeira empresa de monitoramento rural




Com a crise na segurança pública, e a falta de efetivo local, uma das alternativas para os produtores rurais é o sistema de segurança rural.
A empresa Vygiporty há mais de um ano em Alegrete é um dos destaques neste meio na cidade. Getúlio Vagner Saldanha tem o curso de vigilante e há 15 anos trabalha com segurança. Ele resolveu colocar a empresa diante da demanda e da necessidade principalmente com o número expressivo de crimes no interior.
A ronda é feita nas localidades de do Cerro do Tigre, Querumana, Jacaqua, Parobé, Itapevi e Rincão do São Miguel. O trabalho noturno é feito diariamente e é percorrido mais ou menos 250 Km. Segundo Getúlio, se é necessário os funcionários se deslocam para qualquer uma das propriedades a qualquer horário do dia.
Nesta época em que além do gado há um movimento mais intenso devido a colheita, o vigilante comenta que existe um cuidado relacionado as máquinas que ficam nas lavouras.

Nenhum comentário: