quinta-feira, 9 de março de 2017

No Dia Internacional da Mulher, Policiais Civis Femininas de Santiago participam de movimento contra o fim da aposentadoria

A imagem pode conter: 10 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé, árvore, filho, casamento, sapatos e atividades ao ar livre

Na tarde desta quarta-feira (08) Dia Internacional da Mulher, policiais civis femininas dos órgãos policiais de Santiago aderiram ao movimento convocado pela Ugerim/Sindicato da luta em defesa dos seus direitos e contra a reforma da previdência. Uma das propostas da PEC 287 é a retirada da atividade policial como atividade de risco, o que eleva para 49 anos de contribuição para obter o direito à aposentadoria. 
As mulheres da segurança repudiam a retirada de direitos históricos que aumenta a desigualdade social.

As policiais se reuniram na esquina democrática, no calçadão da cidade, onde distribuíram flores para as mulheres e panfleto de conscientização aos homens.

Nenhum comentário: