sábado, 25 de março de 2017

Ex-bancário de São Francisco de Assis é indiciado por aplicar golpe milionário e lesar 400 pessoas



A Polícia Civil indiciou por estelionato um ex-bancário, de 62 anos, suspeito de lesar 400 pessoas em São Francisco de Assis e Santa Maria.O idoso teria lesado seus clientes em mais de R$ 2 milhões.
De acordo com o delegado André Pastoriza, titular da delegacia de polícia em São Francisco de Assis e responsável pela investigação, o suspeito tinha uma financeira que oferecia rendimentos mensais de 2% a 3% para aplicações em fundos de investimento. Os rendimentos foram pagos em dia até o início de 2016. Depois, o ex-bancário solicitou aos clientes mais prazo para outros pagamentos, e então desapareceu. Como ele dava como garantia da operação financeira notas promissórias no nome dele, e não da empresa – o que, por lei, não significa garantia –, o resultado foram centenas de pessoas lesadas e sem saber como cobrar pelo prejuízo.
– Ele era uma pessoa muito querida no município, trabalhou em banco, era de vida simples e transmitia confiança. Todos confiaram – relata Pastoriza.
Há vítimas que remetem ao ano 2000, segundo o delegado. O suspeito foi localizado em Santa Maria e, em depoimento à Polícia Civil, permaneceu em silêncio. O advogado dele, Daniel Tonetto, alega que a financeira quebrou, e que não houve má-fé.
O inquérito foi remetido à Justiça e, a partir disso, pode haver condenação ou não.

Nenhum comentário: