sábado, 25 de fevereiro de 2017

Polícia faz buscas a três detentos que fugiram de presídio de São Borja

Grade de janela da cela foi serrada pelos detentos (Foto: Reprodução/RBS TV)

A polícia faz buscas a três detentos que fugiram do Presídio Estadual de São Borja, na Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul. Todos têm envolvimento com tráfico de drogas. Eles serraram as grades da janela da cela para escapar, na quinta-feira (23).
Os três têm a mesma idade, 25 anos, e foram identificados como Martielo de Souza Martins, Douglas Gonçalves Nunes e Carlos Alex Silveira Boeira. O último é considerado pela polícia como o mais perigoso. Além de tráfico de drogas, ele cumpre pena por homicídio. Havia outros seis presos na mesma cela, que não fugiram.
"Num primeiro momento, nota-se que eles se valeram de um ponto cego do presídio que não estava ao alcance do guarda, acessaram então o telhado, serrando a grade de uma cela e fugindo", conta o major Anibal Silveira, comandante da Brigada Militar de São Borja.
A Polícia Civil já ouviu os depoimentos de outros presos, e a Brigada Militar também atua nas buscas. Uma das suspeitas é de que a fuga tenha sido motivada por ameaças de facções rivais.
"Ou até mesmo alguma dívida de tráfico. Eles se viram acuados e acabaram buscando outra alternativa e fugindo. Tudo está sendo averiguado, mas o certo é que eles têm envolvimento com quadrilha de tráfico de entorpecentes na região", completa o major.

Nenhum comentário: