sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Em Santiago, uma ação conjunta da Polícia Civil e Brigada Militar, prende autor de Roubo a Caminhoneiro e outro indivíduo por Tráfico de Entorpecentes e Porte Ilegal de Arma de Fogo, no bairro Ana Bonato

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas em pé

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas em pé e atividades ao ar livreA imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas em pé, carro e atividades ao ar livre
Nenhum texto alternativo automático disponível.

Na manhã desta sexta-feira (03) a Polícia Civil através da Equipe de Investigação da DP/Santiago e o Serviço de Inteligência Policial e Análise Criminal (SIPAC) da DPRI/Santiago e uma policial feminina da DPPA/Santiago em conjunto com o Setor de Inteligência da Brigada Militar desencadeou uma ação policial no bairro Ana Bonato, sob a coordenação do Delegado de Polícia, Guilherme Milan Antunes, titular da DPPA, visando o combate a crimes de roubos e outros delitos e denuncias de cobrança de pedágios por criminosos, ocasião em que foi cumprido Mandado de Prisão Preventiva, contra TIAGO SIMÃO RAMOS DE CAMPOS, 22 anos. A prisão aconteceu na Rua Inácio Bernardes Vieira. No local também foram apreendidos aparelhos celulares e garrafas de cervejas que haviam sido furtadas na data de ontem, da Associação dos Funcionários do Banrisul, naquele bairro. O preso é um dos autores de Roubo à Mão Aramada contra um caminhoneiro, que vendia melancias no bairro Ana Bonato, fato ocorrido no dia 20 de janeiro. 

Durante a ação policial um indivíduo empreendeu fuga em via pública, momento em que os policiais saíram em perseguição e detiveram o suspeito que foi identificado como BRUNO DOS SANTOS DA FONSECA, vulgo “Jacaré” 18 anos de idade. O suspeito portava um revólver na cintura e certa quantidade de maconha, recebido voz de prisão em flagrante por Tráfico de Entorpecentes e Porte Ilegal de Arma de Fogo. 

Uma adolescente também foi apreendida na residência onde foi desencadeada a ação. 
Os indivíduos foram apresentados no plantão da DPPA/Santiago e após os procedimentos de polícia judiciária serão encaminhados ao Presídio Estadual de Santiago.



Nenhum comentário: