sábado, 11 de fevereiro de 2017

Com o apoio de familiares, policiais militares ignoram acordo e mantêm motim no Espírito Santo



Mulheres de policiais militares continuam acampadas em frente a batalhões em Vitória (ES), mesmo depois do encerramento do prazo para os PMs voltarem às atividades sem punição, que encerrou às 7h deste sábado (11).
Na sexta-feira (10), associações de policiais militares e o governo do Estado entraram em acordo para o fim do movimento que mantém há uma semana os policiais fora das ruas, causando um caos na segurança pública. O governo não atendeu ao pedido de reajuste salarial, mas ficou de apresentar uma proposta no fim de abril.
Policiais militares à paisana e mulheres em torno do Quartel do Comando-Geral da PM, do Batalhão de Missões Especiais e do 1º Batalhão afirmam que nenhuma viatura saiu durante a madrugada. O motim permanece da mesma forma, segundo eles.
Em frente ao quartel, por volta das 7h40min, uma fila de carros particulares com policiais fardados se posicionou diante do portão. Houve uma tentativa de fazer as mulheres liberarem a saída, mas elas se agarraram ao portão, fazendo orações e cantando o hino nacional. 

Nenhum comentário: