sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Homem é preso em sentença por crime contra a liberdade sexual em Itaqui


Na manhã desta sexta-feira (09/12/16), policiais civis da Delegacia de Polícia Civil de Itaqui, coordenados pela Delegada Elisandra Batista, realizaram a prisão de V.R.B., 52 anos de idade.
A prisão se deu em cumprimento a mandado de prisão por sentença penal condenatória, expedido pela 1ª Vara de Execuções Criminais da Comarca de Itaqui, pela prática do crime de ATENTADO VIOLENTO AO PUDOR praticado contra pessoa vulnerável (Crime Hediondo), fato ocorrido nesta cidade, no ano de 2009 (anterior à Lei 12.015/09).
O preso foi condenado à pena privativa de liberdade de 13 anos, 01 mês e 15 dias de reclusão em regime fechado.
Após o cumprimento das formalidades legais, será conduzido ao Presídio Estadual de Itaqui para cumprimento da pena imposta.

Em Santiago, rua Tito Becon ganhou nova iluminação


Vamos falar bem às claras: a iluminação pública de Santiago é uma das mais eficientes do Estado. No município são mais de 15 mil pontos de luz, que garantem que a cidade se mantenha iluminada, o que reflete também numa sensação de organização e segurança. Há pouco, a equipe da Secretaria de Obras, que é responsável pelo setor, deu por concluída a troca de lâmpadas ao longo da rua Tito Beccon, passando da Felipe Lopes e chegando até o 9º B.Log. Foi feita a substituição de lâmpadas amarelas pelas de 400 w de vapor metálico, que tem um alcance de iluminação muito maior. Agora, todos os acessos da cidade contam com esse sistema, além de outros pontos centrais e em alguns bairros.
Rua da Estação terá novas luminárias
Conforme o secretário de Obras, Haroldo Pouey, o acesso até à Estação do Conhecimento ganhará uma nova iluminação, com postes semelhantes aos existentes na Rua dos Poetas. "Vamos colocar esses postes trabalhados, com detalhes, dando um novo embelezamento ao acesso da Estação, que é um ponto cultural e de eventos do nosso município", afirmou. Outra intervenção urbana previsto para ocorrer é a colocação de um pórtico de penas, na esquina entre as ruas Barão do Ladário e Getúlio Vargas.

Prefeito do Rio, Eduardo Paes, tem bens bloqueados pela Justiça



O prefeito do Rio, Eduardo Paes (PMDB), teve os bens bloqueados nesta sexta-feira (9) pela justiça. Ela é acusada de improbidade administrativa na construção do Campo de Golfe Olímpico da Barra da Tijuca. 
Paes teria dispensado a construtora Fiori Empreendimentos Imobiliários do pagamento de R$ 1,8 milhão de licença ambiental para fazer o Campo, em 2013. O montante acabou sendo paga pelo município e, em valores atualizados, a dívida alcança R$ 2,3 milhões.
A ação foi ajuizada pelo Ministério Público do Rio. De acordo com a decisão, “a preocupação se acentua, na medida em que ao término de seu mandato, já se anunciou que o Sr. Prefeito irá residir nos Estados Unidos, o que pode dificultar ainda mais a recomposição dos danos causados”.
Ainda de acordo com a revista, Paes e a construtora Fio Empreendimentos terão seus ativos leiloados para quitar a dívida.

Pedro desvendará mistério sobre atentado em 'A lei do amor'


Nos próximos capítulos de "A lei do amor", Pedro (Reynaldo Gianecchini) descobrirá tudo sobre a atentado contra Fausto (Tarcísio Meira) e Suzana (Regina Duarte).
O patriarca dos Leitão dirá para o filho procurar Zuza (Ana Rosa) e cobrar a verdade sobre Magnólia (Vera Holtz) e Ciro (Thiago Lacerda). O arquiteto conversará com a ex-babá, que, pressionada, revelará o caso. Ela contará que Fausto só ficou sabendo de tudo depois do casamento de Vitória (Camila Morgado).
- Você podia ter impedido o casamento da Vitória! Por que você não se abriu, não contou nada para o meu pai? - questionará Pedro.
- Porque tive medo! Eu era o lado mais fraco da história, a empregada! Você já parou para pensar em tudo o que a sua madrasta podia fazer comigo? Eu dependia do salário que ela me pagava! Eu era viúva, com um filho para criar! O que pude fazer eu fiz! Eu te protegi! Deus é testemunha! - afirmará Zuza, acrescentando que tentou abrir os olhos de Vitória, mas não conseguiu. 
O arquiteto pedirá mais detalhes e saberá que Suzana foi quem descobriu o caso. Zuza contará que a secretária lhe mostrou fotos e vídeos de Magnólia e Ciro:
- A Suzana estava muito preocupada com o seu Fausto e com muito medo de a Mag descobrir o que ela tinha descoberto! A Suzana te esperou chegar (de viagem) para mostrar o que faltava ao seu pai! Ela tinha conseguido um monte de fotos!
- E mostrou para ele na festa (de aniversário de Fausto)! Estava no celular dela, claro! Agora tudo faz sentido! Meu pai ficou horrorizado quando viu e me mandou fugir! - concluirá Pedro. - Agora está explicado por que eles sofreram aquele atentado! A Mag e o Ciro descobriram que tinham sido desmascarados! Por isso os bandidos levaram os celulares e sumiram com a pasta da Suzana! O plano não era só matar o meu pai e a Suzana! Eles queriam apagar todas as provas!

Inter não desiste do 'caso Victor Ramos' e prepara recurso


O Internacional continuará atrás de punição ao Vitória no 'caso Victor Ramos'. Nesta sexta-feira (9), o clube gaúcho emitiu nota oficial e afirmou que estuda os recursos cabíveis após a Procuradoria do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) decidir pelo arquivamento da denúncia por suposta irregularidade na transferência e registro do zagueiro.
Na manifestação, o Inter não indicou se irá recorrer ao próprio STJD ou partirá para outra instância. Internamente, o clube se mantém convicto sobre o mérito da demanda.
"Estamos desde já estudando as medidas recursais cabíveis a serem propostas nos próximos dias com vistas à reversão de tal decisão, haja vista o excelente direito e amplas provas documentais que amparam nossa interpelação jurídica", diz o texto publicado no site oficial do Internacional.
Na semana passada, o Inter entregou petição de 42 páginas pedindo que o Vitória fosse denunciado no artigo 214 do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva). Se a denúncia fosse acolhida, o clube baiano poderia perder os pontos das 26 partidas do Campeonato Brasileiro em que utilizou Victor Ramos.
Na segunda-feira, a Procuradoria do tribunal oficiou Vitória e departamento de registros da CBF. Os citados remeteram documentos e na quinta-feira, o órgão anunciou que não iria apresentar denúncia.
"A decisão reflete apenas um lamentável equívoco jurídico contra e excelente direito nosso calcado em provas", disse Giovani Gazen, vice jurídico do Internacional, em mensagem de texto.
Victor Ramos tem direitos econômicos vinculados ao Monterrey-MEX e em 2015 foi emprestado ao Palmeiras. Em fevereiro deste ano, foi para o Vitória. O Inter alega que o time baiano e a CBF erraram ao realizar uma transferência nacional. Departamento de registros da entidade nacional e a equipe de Salvador alegam ter recebido aval da Fifa.